Com paz fora de campo, Náutico tenta a primeira vitória na Série B


Fora de campo, a missão da semana foi alcançada, com os alvirrubros conseguindo criar uma "agenda positiva" com a paz no campo político, expectativa de pagamento de salários e uma promoção de ingressos visando trazer de volta o torcedor. Agora, é com o time. Com tranquilidade para trabalhar, os jogadores do Náutico irão tentar nesta sexta-feira, diante do CRB, às 21h30, na Arena de Pernambuco, finalmente a primeira vitória na Série B. Que não será suficiente para tirar o time da lanterna, já que o Timbu está a nove pontos da Luverdense, penúltima colocada. Mas ao menos dará um alívio imediato e a confiança de uma reação. Passo a passo.


Até porque o momento pede até mesmo para que a matemática seja deixada de lado. Olhar para os números é correr o risco de desanimar. Nunca um clube com tamanha desvantagem (10 pontos para deixar o Z4), após dez rodadas, conseguiu evitar a queda. Com o pior início de um clube na Série B dos pontos corridos, o Náutico tentará contrariar a lógica para evitar o rebaixamento. 

E se as notícias dos bastidores deram ao técnico Beto Campos e os seus comandados uma maior paz para focar apenas no CRB, dentro de campo o treinador também teve motivos para comemorar. A começar pelo retorno do atacante Erick, recuperado de uma lesão no ombro esquerdo. Melhor jogador do Náutico na temporada, e cobiçado por clubes do Brasil e do exterior, o prata da casa, de 19 anos, ficou de fora da derrota para o Guarani, na última rodada.

Além disso, Beto Campos teve a sua primeira semana livre para treinamentos. Com isso, espera ver em campo uma maior evolução técnica da sua equipe. "Tivemos alguns dias de trabalho e coloquei mais algumas coisas dentro daquilo que eu quero. É claro que, com esses dias a mais, a gente espera fazer mais do que já foi feito", pontuou o treinador. 


"Tudo o que aconteceu (na semana) foi muito bom e a gente fica contente. Isso tudo chega de uma maneira produtiva para todos nós. Claro que agora precisamos fazer nossa parte", reconheceu o comandante alvirrubro.

Com dois treinos fechados à imprensa, o técnico não confirmou a equipe. Mas pode promover mudanças na defesa, com a possível estreia do zagueiro Léo Carioca e no ataque, com Iago podendo ganhar a vaga de Gilmar.

Ficha do jogo:
Náutico
Tiago Cardoso, David, Aislan (Léo Carioca), Breno Calixto e Manoel (Jeanderson); Amaral, Darlan e Giovanni; Erick, Vinícius e Gilmar (Iago). Técnico: Beto Campos

CRB
Edson Kolln; Marcos Martins, Flávio Boaventura, Adalberto e Diego; Yuri, Danilo Pires, Edson Ratinho e Chico; Erick Salles e Zé Carlos. Técnico: Dado Cavalcanti

Local: Arena de Pernambuco. Horário: 21h30. Árbitro: Devarly Lira do Rosario (ES). Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Van Gasse (ambos de SP - FIFA). Ingressos: Gratuito (sócio) e R$ 10 (não sócios), setor leste; R$ 15 (sócio) e R$ 20 (não sócio), setor oeste, até às 16h na sede do clube. R$ 10 (sócio) e R$ 20 (não sócio), setor leste e R$ 20 (sócio) e R$ 40 (não sócio), setor oeste, após às 16h, nas bilheterias da Arena.

Por João de Andrade Neto/Superesportes, Foto: Léo Lemos/Náutico
Com paz fora de campo, Náutico tenta a primeira vitória na Série B Com paz fora de campo, Náutico tenta a primeira vitória na Série B Reviewed by Unknown on 30.6.17 Rating: 5