Por falta de segurança Michel Temer cancelou vinda a evento em Caruaru com o ministro Bruno Araújo


O presidente da República, Michel Temer (PMDB), cancelou a viagem que faria a Caruaru,  em Pernambuco, nesta quarta-feira (19), junto ao ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB). Temer faria a entrega do primeiro lote de cartões-reforma do reduto eleitoral do tucano.


A entrega chegou a ser noticiada no perfil do Palácio do Planalto no Twitter pela manhã, mas as postagens foram apagadas cerca de quatro horas depois, quando a viagem de Temer foi cancelada.

Caruaru também é reduto de outros deputados federais como 
Wolney Queiroz (PDT), Pastor Eurico (PHS), Jarbas Vasconcelos (PMDB) e do empresário e pré-candidato a Deputado Federal Isaac Albuquerque.

Um dos motivos para o recuo é que a segurança do presidente não estaria assegurada na capital do agreste.

A viagem de Temer para Caruaru era um gesto de aceno para o PSDB, que vive um racha interno entre os que apoiam a permanência da sigla no governo e os que apoiam um desembarque imediato. O Ministério das Cidades, inclusive, é uma das pastas mais visadas por partidos do chamado Centrão, que têm cobrado mais cargos e atenção de Temer por terem rejeitado a denúncia contra ele apresentada pela PGR (Procuradoria-Geral) na Câmara.

Para o Centrão, o presidente Temer deveria entregá parte dos quatro ministérios hoje pertencentes aos tucanos, já que estes não estão dando demonstrações de fidelidade como deveriam. A pasta das Cidades acaba sendo uma das mais visadas pela atuação nas prefeituras pelo país e pelos recursos consideráveis.

Segundo assessores do presidente, porém, não serão feitas mudanças nos ministérios até a votação da denúncia no plenário da Câmara, prevista para 2 de agosto, segunda sessão após o fim do recesso parlamentar.  Isso porque, apesar das divergências internas, o PSDB tem uma bancada de 46 deputados.

Desde a semana passada, Temer se reuniu pelo menos três vezes com Bruno Araújo. Nesta terça-feira (18) de manhã, o ministro esteve no Planalto em audiência com o presidente junto ao presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi.

Bruno Araújo (PSDB), que comanda à pasta das Cidades; Mendonça Filho (DEM), da Educação e Fernando Bezerra Filho (PSB), Minas e Energia e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia estariam no evento que aconteceria nesta quarta-feira (19) no Colégio Josélia Florêncio, no bairro São João da Escócia a partir das 10h manhã, o evento foi remarcado para a próxima terça-feira (25) no mesmo local e no mesmo horário.

Esta não é a primeira vez que Temer cancela viagem para Caruaru, no dia 22 de junho o peemedebista cancelou viagem que faria a capital do agreste e ao Complexo Industrial e Portuário de Suape porque seu nome foi envolvido na delação premiada dos empresários do Grupo JBS (FriBoi).

Por Lucina Amaral/Uol e Joálisson Farias, Foto: PR/Divulgação
Por falta de segurança Michel Temer cancelou vinda a evento em Caruaru com o ministro Bruno Araújo Por falta de segurança Michel Temer cancelou vinda a evento em Caruaru com o ministro Bruno Araújo Reviewed by Unknown on 18.7.17 Rating: 5