Pernambuco perde 1,3 mil empregos com carteira assinada em outubro de 2018, diz Caged.


Foto: G1

Pernambuco encerrou o mês de outubro de 2018 com a perda de 1.330 postos de trabalho com carteira assinada, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). O índice foi divulgado nesta quarta-feira (22) pelo Ministério do Trabalho e Emprego. No Brasil, foram geradas mais de 57 mil vagas formais no mesmo período.

Pernambuco apresenta o segundo pior resultado em todo o país, atrás de Goiás, que teve o pior saldo, com a perda de 3.565 vínculos empregatícios (-0,29% de variação). O Rio de Janeiro ocupa o terceiro lugar entre os piores, com 847 vínculos encerrados (variação de -0,03%).

Nos dez primeiros meses de 2018, o número de contratações em Pernambuco chega a 339.164, enquanto o de fechamento de postos de trabalho soma 324.867, gerando a variação positiva de 1,16%.

Dados por setor em outubro em PE

Serviços: 11.923 admissões e 13.603 desligamentos

Comércio: 7.777 admissões e 7.359 desligamentos

Indústria de transformação: 4.323 admissões e 4.248 desligamentos

Agropecuária: 2.975 admissões e 2.881 desligamentos

Construção civil: 2.875 admissões e 3.125 desligamentos

Serviços industriais de utilidade pública: 259 admissões e 424 desligamentos

Indústria extrativa mineral: 23 admissões e 20 desligamentos

Administração pública: 11 admissões e 18 desligamentos

Fonte: G1

Pernambuco perde 1,3 mil empregos com carteira assinada em outubro de 2018, diz Caged. Pernambuco perde 1,3 mil empregos com carteira assinada em outubro de 2018, diz Caged. Reviewed by bruno on 22.11.18 Rating: 5