Governo brasileiro abre escritório comercial em Jerusalém

Benjamin Netanyahu e Eduardo Bolsonaro em abertura de escritório neste domingo (15). Foto: AFP/AFP.

O governo brasileiro inaugurou neste domingo (15) um escritório em Jerusalém (Israel) para fortalecer a parceria com o país nos temas de inovação, tecnologia e investimentos. O primeiro ministro israelense, Benjamim Netanyahu, o embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, e o deputado federal, Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, estiveram no evento.


O escritório será administrado pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e comandado pela analista de comércio internacional Camila Meyer, selecionada para o posto por meio de um processo interno. A equipe será composta por duas pessoas contratadas localmente. O escritório funcionará no edifício Jerusalem Gati Business Center.


O primeiro ministro israelense destacou o potencial do escritório para alavancar a cooperação entre os dois países. “Israel é, talvez, a nação mais dinâmica em termos de inovação: temos uma explosão de engenhosidade aqui. E o Brasil tem um potencial inacreditável. Tem um vasto território, uma população diversificada, universidades, o talento do seu povo, e achamos que se juntarmos os grandes potenciais que os dois países têm, nós podemos nos beneficiar de forma incrível”, disse.


De acordo com a Apex, um dos pontos que será trabalhado pelo escritório em Jerusalém é o fomento às novas parcerias tecnológicas e a atração de centros de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) para o Brasil. Alguns setores que confirmam a proeminência israelita em tecnologia são as soluções voltadas ao agronegócio e ao uso de água e, ainda, avanços em cibersegurança para defesa de clientes, proteção de dados e aplicação militar.


“Com esta unidade de representação, definimos um novo e privilegiado endereço para o cumprimento das missões da Apex-Brasil relacionadas à promoção de exportações, à internacionalização de empresas e à atração de investimentos estrangeiros. E, no caso específico de Jerusalém, trabalhando com ênfase em tecnologia e inovação, no fomento a novos negócios ou negócios do futuro”, destacou o presidente da Apex-Brasil, Sergio Segovia.


No Twitter, Eduardo Bolsonaro mencionou seu discurso na cerimônia, disse ser um "grande dia" e afirmou que a abertura do escritório de negócios é o primeiro passo para a transferência da embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém.


Com informações da Agência Brasil
Governo brasileiro abre escritório comercial em Jerusalém Governo brasileiro abre escritório comercial em Jerusalém Reviewed by Joálisson Farias on 16.12.19 Rating: 5